Comente o filme

Ir em baixo

Comente o filme Empty Comente o filme

Mensagem  Grandes Filmes em Sex Jan 29, 2010 3:21 pm

Assistiu o filme? Deixe aqui suas impressões.
Grandes Filmes
Grandes Filmes
Admin

Mensagens : 55
Data de inscrição : 08/01/2010
Idade : 41

Ver perfil do usuário http://twittergrandesfilmes.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  Daniel em Sex Jan 29, 2010 8:11 pm

Acabei de ver o filme e gostei bastante.

Já vi alguns filmes do Marlon Brando de 70, mas acho que este foi o que ele está mais novo...

Essa questão de máfias envolvidas em setores diferentes da economia é bem atual, talvez não tenha mudado tanto assim. A figura do delator, uma das questões do filme, também é bastante atual.

Não é um filme para se fazer reflexões profundas, mas é uma boa pedida.
Daniel
Daniel

Mensagens : 22
Data de inscrição : 09/01/2010
Idade : 35
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/rechedaniel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  fabiohemeg em Dom Jan 31, 2010 5:33 pm

Bom, assisti este filme há alguns dias atrás, esperava um filme mais interessante pela sua fama e pelos seus vários oscars ganhos. Um filme sobre máfia, com opressão às classes trabalhadoras, etc. Boa atuação da dupla Marlon Brando e Karl Malden (mesma dupla do maravilhoso Uma Rua Chamada Pecado -e o mesmo diretor também) só que desta vez quem levou o Oscar foi Brando, e que como sempre tem uma atuação muito sólida.
fabiohemeg
fabiohemeg

Mensagens : 11
Data de inscrição : 09/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Comente o filme

Mensagem  @Ruh_Ribeiro em Dom Jan 31, 2010 9:40 pm

Para ser sincera, eu não gostei do filme. Achei muito arrastado, que leva muito tempo para contar a história e explora pouco a reviravolta do Terry. Parece que aconteceu de repente, e imaginamos que devido a todo contexto deve ter sido algo doloroso para a personagem, mas isso foi pouco explorado.
Também achei a história "batida". Claro que até pode ser que, na época, como haviam poucas opções de filme (se compararmos com hoje, eu digo) pode ter sido super inovador, mas sinceramente não achei nada demais. E a atuação do Marlon Brando... bom, irrelevante...
@Ruh_Ribeiro
@Ruh_Ribeiro

Mensagens : 5
Data de inscrição : 09/01/2010
Idade : 34
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  Deh em Seg Fev 01, 2010 12:55 pm

Sindicado de ladrões ñ me surpreendeu como achei que faria. É um filme bem falado, conhecido e todo o resto, juro que esperava mais.
Não sei se foi uma revolução na forma de contar uma historia ou quem sabe ate mesmo no roteiro, afinal não tenho grande conhecimento do cinema da década de 50, mas analisando com os olhos de agora a historia é simples seguindo a linha comum da evolução de um protagonista.
A atuação do Marlon que foi descrita como sendo uma de suas melhores performances tb me decepcionou. É possível colocar esse filme em sequência do Poderoso Chefão e achar que Terry e o Corleone são a mesma personagem em estágios diferentes da vida, ñ que no Poderoso ele esteja ruim, longe disso, mas a sensação de ser um ator de um personagem só me incomoda e muito.

Bem, não tem como finalizar de outra forma a não ser de que é um filme que poucas sensações me causou e que tem mais fama do q conteudo. Não leva a pensamentos profundos nem a conflitos internos mas tb evita ser um filme para puro divertimento.
Fica no meio do caminho.
Deh
Deh

Mensagens : 17
Data de inscrição : 09/01/2010
Idade : 33

Ver perfil do usuário http://twitter.com/dehmundin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  Daniel em Seg Fev 01, 2010 6:16 pm

A atuação mais impressionante do Marlon Brando, na minha opinião, é a do último tango em Paris... um filme muito impactante. Mas isso é assunto de outros tópicos...

Aliás, precisávamos de uma maior movimentação por aqui, não? Temos bastante gente que adora falar sobre filmes (e provavelmente outros assuntos) e poucos tópicos de discussão.
Daniel
Daniel

Mensagens : 22
Data de inscrição : 09/01/2010
Idade : 35
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/rechedaniel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  RogerioLimao em Seg Fev 01, 2010 11:21 pm

Assisti o filmes ano passado e o problema é q criei uma expectativa mto grande em torno do filme e meio q me decepcionei, é lógico q é um filme mto bom mas não é aquilo q eu esperava. Minha cena preferida é a da briga perto do cais (eu acho) q todo mundo fica assistindo e vibrando.
RogerioLimao
RogerioLimao

Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Em defesa do filme

Mensagem  ddonato em Ter Fev 02, 2010 1:48 am

Eu ia dizer que achei o filme bom e não planejava dar muitos motivos pra isso. Mas parece que ninguém aqui realmente gostou, e algumas pessoas até falaram bem mal dele. Agora, sinto-me no dever de defender o filme, ou de pelo menos colocar aqui argumentos ao seu favor, que não são poucos.
Em primeiro lugar, um pouco de pano de fundo: O filme é de 1954 e dirigido por Elia Kazan. Pra quem não lembra, era plena era McCarthista nos EUA, uma espécie de caça às bruxas do governo a qualquer "atividade anti-americana", que era o eufemismo para pensamento comunista. E Elia Kazan foi notório por, dois anos antes, ter testemunhado e delatado vários membros do partido comunista, ilegal naquela época. Parece um pouco com o enredo do filme? Pois é, não é à toa. Ainda mais quando o estúdio quis que, ao invés de mafiosos, os vilões do filme fossem comunistas. Felizmente essa ideia não foi pra frente, já que deixaria o filme, além de panfletário e idiota, extremamente datado. Muita gente considera On the Waterfront uma espécie de expiação de Kazan, outros, uma maneira de justificar suas ações. Quem se lembra do Oscar de 1999 viu uma das cenas mais estranhas da cerimônia: quando Kazan recebeu um prêmio pelo conjunto da obra, a platéia se dividiu. Teve quem aplaudisse, teve quem ficasse sentado, de cara emburrada.
Mas vamos ao filme: o roteiro é bastante ambicioso. O tema, delicado. Começa com uma morte brutal, com Brando bad boy até não poder mais. Conforme o filme avança, percebemos que o menino tem um coração de ouro, que sempre foi passado pra trás na vida e que toda aquela dureza é fachada. Ele só quer uma oportunidade na vida. Tudo isso pode soar clichê, mas lembre-se, todo clichê, um dia, já foi original.
O que chama mesmo a atenção é a atuação de Brando. Ele não é um personagem simples. Olhe o jeito que ele reagiu no clímax do filme, quando seu irmão, desesperado, aponta uma arma pra ele, dizendo que ele aceite o trabalho na máfia. Não dá pra chamar aquilo de uma reação comum. Ou a cena dos pombos mortos. Oscar merecido, sem dúvida nenhuma. Mesmo com aquela sobrancelha extremamente desenhada. Além disso, considerando que este filme é pré Nouvelle Vague francesa, as atuações até que estão bem naturais. Basta ver qualquer filme do Hitchcock anterior a 1960 e comparar.
Por fim, o tema do filme. Corrupção em sindicatos não parece um dos temas mais populares do mundo. Mas o filme conseguiu ser relevante ao mostrar que, num país que garante os direitos do indivíduo, podemos nos defender de abusos de gente poderosa. É a base do tal "sonho americano", que, felizmente, nós também usufruimos, pelo menos no papel. Alguém falou que o filme parece um prelúdio ao Godfather. Discordo totalmente. O arco do Terry Malloy é exatamente o oposto que o do Don Corleone. O Don chega aos EUA inocente e puro, e vai, aos poucos, se corrompendo, ao ponto de chegar ao status que vemos no primeiro filme da trilogia. Malloy sofre, é cooptado pela máfia, mas no fim se apega à sua consciência, coisa que o Don deixou pra trás, e vira o heroi que defendeu os trabalhadores do cais.
De um modo geral, o filme me lembrou demais os Sopranos. Se passa no mesmo lugar, com o mesmo tipo de pessoas (os flashbacks que mostram a infância do Tony Soprano e o tipo de mafioso que era seu pai têm tudo a ver). A diferença é que, nos Sopranos, geralmente as coisas acabam mal.
Eu não amei o filme, mas entendo sua importância e reconheço suas qualidades. Como obra cinematográfica ele inova nas atuações e no roteiro bem montado. O design de som é excelente também, com a música complementando a ação e com alguns detalhes sensacionais. Pra mim, a cena mais interessante do filme inteiro tem a ver com o som. É a parte onde Terry conta pra Edie (a linda Eva Marie Saint em sua estréia) que ele esteve envolvido na morte do irmão dela. Ouvimos apenas pedaços da conversa, e parte do diálogo é completamente "ofuscado" (ou seu equivalente em som) por um apito de navio, altíssimo. Vemos as expressões dos dois, as bocas se mexendo num momento super dramático, mas sem saber o que exatamente eles estão falando, o que só intensificou a cena.
ddonato
ddonato

Mensagens : 18
Data de inscrição : 10/01/2010
Idade : 37

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/ddonato

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  Grandes Filmes em Ter Fev 02, 2010 4:18 pm

Bom, em primeiro lugar quero me desculpar pela demora para vir aqui comentar o filme. Vi no sábado mas, com a mudança do layout do blog e uma série de outros compromissos, acabei deixando o fórum abandonado.

Estou surpreso com as críticas ao filme. Não esperava tantas reações negativas, mesmo porque gostei dele.

As ações do protagonista têm um claro paralelo com as do diretor do filme (leiam o comentário do ddonato para entender porque) e ele é bem complexo, ao meu ver.

Terry é brucutu, magoado por não ter se tornado um grande campeão de boxe, valentão e que não consegue sequer efetuar a contagem em um maço de dólares. No entanto, apesar de todas suas limitações, ele vai tomando consciência de que não está do lado certo da trama, ajudado por uma paixão, logicamente.

Além disso, temos a bela figura do padre, como agitador dos conformados funcionários que são humilhados pelo sindicato e, principalmente, como consciência de Terry.

Por fim, temos ainda um clima realista que em nada se parece com os filmes dos anos 50 de Hollywood, onde reinavam histórias felizes e fantasiosas.

Talvez houvesse uma expectativa exagerada a respeito do filme...
Grandes Filmes
Grandes Filmes
Admin

Mensagens : 55
Data de inscrição : 08/01/2010
Idade : 41

Ver perfil do usuário http://twittergrandesfilmes.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  Phillctw em Qua Fev 03, 2010 12:04 am

Pelo jeito, a reação das pessoas não foi muito positiva com relação ao filme. Também acho que talvez a expectativa fosse muito alta. Junta-se o fato de que estamos vendo o filme com olhos "atuais". Mas ao analisarmos todo o contexto da história (como foi apresentado pelo ddonato) vemos os significados por trás das imagens.
Vejo o filme como uma história de honra, da qual não se sabia a existência, ou até se sabia se considerarmos a "ética do crime". Com o tempo, vemos que Terry não pensava por si, sempre recebendo ordens e as cumprindo mesmo que isso o prejudicasse. Mesmo quando boxeador era controlado por apostas. Terry visivelmente não era inteligente, sendo assim ainda mais fácil controlá-lo. Seu irmão funcionava como seu cérebro. Desse modo, só algo emocional conseguiria mudar a situação do protagonista, e é exatamente isso que acontece (com o peso na consciência pela morte de um homem e o amor pela irmã deste).
Assim como o ddonato, a cena da conversa cortada em partes pelo apito do navio me chamou muito a atenção. Outra cena que achei interessante foi a da conversa sobre boxe entre Terry e o oficial de justiça. Vemos nesse momento muita energia e animação, o sabor que o protagonista tinha em falar sobre algo de que ele sentia orgulho (e vergonha ao mesmo tempo, por ter se deixado derrotar).
Durante todo o filme vemos a transformação de um vadio em alguém.
No fim temos a forte ideia de que a união faz a força.
Uma frase interessante..."Sem armas por perto, você não é nada".
Phillctw
Phillctw

Mensagens : 14
Data de inscrição : 09/01/2010
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Sobre o Oscar honorário do Elia Kazan

Mensagem  ddonato em Qui Fev 04, 2010 9:40 pm

ddonato
ddonato

Mensagens : 18
Data de inscrição : 10/01/2010
Idade : 37

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/ddonato

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comente o filme Empty Re: Comente o filme

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum